Quais São os Pilares Para uma Boa Gestão de Condomínios?

Fazer uma boa gestão de condomínios não é uma tarefa fácil. É necessário manter o controle de todas as áreas e atividades da administração condominial, além de outros detalhes que o síndico precisa saber.

 

No entanto, é possível ter bons resultados. Para saber como fazer isso acontecer, continue lendo o artigo!

 

5 pilares para fazer uma boa gestão de condomínios

Entre os pilares da boa gestão de condomínios, existem cinco que são os mais essenciais e que toda administradora — e o síndico também — precisa saber. Confira:

 

1. Ter uma boa comunicação com os moradores

 

Primeiramente, ter uma boa gestão de condomínios significa manter a comunicação com os moradores de forma clara. A transparência é essencial para os condôminos tomarem decisões e também para confiarem na administração condominial.

 

Para melhorar essa comunicação entre síndico, administradora e moradores, é possível utilizar aplicativos ou e-mails. Em sistemas como o Condomob Social, por exemplo, você pode usar o mural de avisos para enviar uma mensagem para todos os condôminos ou um comunicado individual. 

 

2. Oferecer segurança

 

Com o  controle de acesso é possível oferecer mais segurança para o condomínio, porque esses sistemas de portaria remota fazem o cadastro da pessoa que entra, tanto os moradores quanto os visitantes, e isso fica registrado. Somente quem tem esse acesso pode passar da portaria. 

 

Além de segurança, essa é uma ótima forma de dar autonomia para o morador. Isso ajuda a gestão do condomínio a não perder muito tempo com identificação das pessoas, pois isso já é feito pelo sistema.

 

3. Fazer a manutenção do condomínio

 

Outro pilar da boa gestão de condomínios é a manutenção do espaço, ou seja, o cuidado com a infraestrutura do prédio, das áreas de lazer, garagem, elevadores, restauração de algo danificado, pintura, etc. 

 

Isso valoriza o imóvel, mostra que tanto a administradora quanto os moradores mantêm o local bem cuidado. Assim, mais pessoas vão se interessar pelo local. 

 

4. Ter controle financeiro

Sem o controle financeiro, o condomínio pode enfrentar alguns problemas, principalmente na hora de cobrar os moradores, pois eles podem atrasar o pagamento dos boletos. 

 

Para reduzir a inadimplência de uma forma eficiente, softwares como o Condomob Financeiro são as melhores opções. 

 

Ele agiliza a cobrança, envia notificações diretamente para o dispositivo dos moradores, facilita a visualização e o pagamento das contas, entre outros benefícios. 

 

5. Utilizar um software para condomínios

 

Para a administradora fazer bem o seu papel de gerenciamento, ela precisa automatizar algumas tarefas.  O uso da tecnologia para sistemas condominiais ajuda a alcançar esse objetivo, além de oferecer mais produtividade e uma gestão de tempo mais eficiente.

 

Algumas das funcionalidades e benefícios disso são: 

 

  • economia de papel;
  • comunicação mais eficiente com os moradores;
  • autorização ou cancelamento rápido de reserva de espaços comuns.

 

Para saber mais sobre como fazer uma boa gestão de condomínios, entre em contato com a Condomob!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyrights Condomob 2021. Todos os direitos reservados.