5 Modelos Mais Usados De Controle De Acesso Para Condomínios

Resumo: Veja cinco modelos de controle de acesso para condomínios mais usados em 2020 e que agilizam o processo de entrada e saída de moradores, visitantes e prestadores de serviços.  

O controle de acesso para condomínios pode ser realizado de diversas maneiras. Hoje, com o auxílio da tecnologia, o processo de entrada e saída de moradores, visitantes, veículos e prestadores de serviços ficou ainda mais ágil. 

 

Quer saber quais são os modelos de controle de acesso mais utilizados? Confira alguns exemplos a seguir!

Por que utilizar um controle de acesso para condomínios?

 

Fazer o controle de acesso para condomínios garante maior segurança para quem vive ou trabalha no local. Além desse benefício, o método também contribui para:

 

  • dificultar e impedir a entrada de pessoas mal intencionadas e não autorizadas;
  • registrar todas as pessoas autorizadas em eventos;
  • oferecer agilidade na entrada de moradores, funcionários e pessoas autorizadas;
  • reduzir as despesas com profissionais da portaria.

 

Dessa forma, é possível garantir mais satisfação de quem contrata esse serviço.

Veja agora os modelos de controle de acesso em condomínios

 

Durante muitos anos o controle de acesso para condomínios era responsabilidade somente dos porteiros. No entanto, com o avanço da tecnologia, é possível encontrar outras soluções ainda mais eficientes. 

 

Veja a seguir os principais exemplos de controle de acesso para condomínios!

 

Portaria remota

 

Esse sistema é feito por uma central à distância que utiliza ferramentas digitais para monitorar a entrada e saída de moradores e visitantes. 

 

Os visitantes entram em contato com a central por meio de um interfone e, em seguida, a portaria remota se comunica com o morador para permitir ou não a entrada. Isso evita a entrada de pessoas com má intenções e que o porteiro seja refém de alguma violência.

 

Biometria

 

Essa é uma das novidades mais atrativas atualmente! A biometria pode utilizar a impressão digital, o reconhecimento facial e até a voz dos condôminos para autorizar o acesso ao local. 

 

Dessa forma, o sistema dificulta as falsificações e contribui para uma segurança maior.

 

Cartão de acesso

 

Outra alternativa é o uso do cartão de acesso. Com esse dispositivo magnético é possível armazenar dados, como o nome e documento de identidade do morador. Assim, ele pode entrar e sair apenas aproximando o cartão ao leitor específico.

 

Além da praticidade e agilidade, há a opção de controlar a entrada de outras áreas do condomínio — como o salão de festas, piscina ou academia.

 

Tag

 

A tag de acesso é um chaveiro de aproximação que utiliza RFID (Radio-Frequency IDentification), ou seja, Identificação por Radiofrequência. Esse método faz a identificação automática por meio de sinais de rádio, recuperando e armazenando dados remotamente. 

 

O sistema da Condomob oferece uma tag que pode ser colocada nos veículos, facilitando a entrada na garagem, sem precisar ficar muito tempo esperando o portão destravar.

 

QR Code

 

Esse tipo de controle de acesso faz parte de um sistema em nuvem que possibilita ao morador criar, por meio de um aplicativo para os condôminos e administradoras, um QR Code.

 

Assim, os moradores e visitantes podem usar o código digital nos dispositivos de acesso do condomínio. Dessa forma, a entrada e saída são liberadas rapidamente.

 

A Condomob oferece essa e outras funcionalidades que fazem uma grande diferença na administração de condomínios. Continue acompanhando o blog da Condomob para conhecer mais novidades e soluções como essas!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyrights Condomob 2021. Todos os direitos reservados.