Controlador de Acesso — O Que Faz e Como Implementar no Seu Condomínio

O que faz um controlador de acesso em condomínios? E como essa tarefa pode ser realizada com mais segurança e agilidade? Neste artigo vamos falar sobre esse tema e como um sistema de controle autônomo pode ajudar. Confira!

Qual é a função do controlador de acesso?

O controlador de acesso é aquele que fica responsável pela identificação e gerenciamento da entrada de pessoas ao local, seja um condomínio residencial ou comercial. A presença desse profissional na portaria somado ao uso de um sistema de controle de acesso contribuem para gerar mais segurança ao ambiente do condomínio.

Afinal, atuar nessa atividade envolve um alto nível de responsabilidade, já que a segurança é um dos principais motivos para as pessoas morarem em condomínios. Além de treinamento, é importante utilizar um sistema de gestão com tecnologias para garantir essa proteção.

Sendo assim, o porteiro poderá desempenhar com mais tranquilidade suas tarefas de receber encomendas e correspondências, atender interfones, repassar informes para a administração e demais comunicações para o zelador, além do principal, que é permitir somente a entrada de pessoas autorizadas.

Mas como humanos podem cometer erros, é realmente fundamental utilizar um sistema de gestão de condomínios para facilitar o trabalho. No software da Condomob, por exemplo, o controlador de acesso é usado para monitorar a entrada e saída de um edifício com a presença de um profissional humano ou somente com o uso do sistema eletrônico.

Como implementar um controlador de acesso em seu condomínio?

A portaria precisa instalar um sistema de controle de entrada para realizar o registro de visitantes, entregadores e prestadores de serviços em geral. Com isso, a administradora do condomínio terá sempre um relatório de todos os visitantes para saber quem teve acesso ao edifício.

Na Condomob, esse controle de acesso é realizado de forma otimizada e autônoma pelos próprios moradores. O software conta com:

  • cadastro por QR Code: somente quem apresentar o código válido poderá ir e vir nas dependências do condomínio;
  • reconhecimento biométrico: evita fraudes de pessoas que fingem ser um morador e invadem os locais;
  • reconhecimento facial: mais uma forma de autenticar a segurança e evitar fraudes;
  • registro de acesso de moradores, convidados, funcionários do condomínio e prestadores de serviços (tanto os pedestres, quanto os que estão em automóveis).

Ou seja, muito mais certeiro e seguro, e que permite que o próprio morador forneça um QR code para que o visitante consiga entrar no local. Somente quem tiver o código poderá entrar.

Quer testar como essas funcionalidades beneficiaram o seu condomínio? Entre em contato com a Condomob e experimente gratuitamente o módulo de controle de acesso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

© Copyrights Condomob 2022. Todos os direitos reservados.