Manutenção predial – Opte em fazer manutenções preventivas

 

Quando possuímos uma casa é comum, de tempos em tempos, fazermos reparos ou melhorias. Muitas vezes reavivamos ou mudamos a pintura; limpamos a caixa de gordura; trocamos o encanamento e assim por diante. Na vida condominial isso não é diferente. Por isso é importante que o síndico faça manutenções preventivas.

Esse tipo de manutenção possibilita maior durabilidade na infraestrutura e evita a somatória de problemas que costumam gerar grandes dificuldades. Também há manutenções preventivas que são obrigatórias por lei, mas independente da obrigatoriedade, são importantes para manter a segurança e a boa conservação do condomínio.

 

Vejamos algumas dessas manutenções:

  •         Para-raios (anual): É necessária uma verificação anual das condições do aparelho e do aterramento, incluindo medição ôhmica (resistência do metal) por uma empresa especializada. A cada 5 anos, a revisão é completa do sistema.
  •         Caixa de água e caixa de gordura: Essas são manutenções que devem ser feitas anual ou semestralmente, de acordo com a legislação do seu município. O serviço deve ser feito por uma empresa especializada, pois a mesma deve emitir um laudo que será entregue à Prefeitura. No caso da Caixa de gordura é importante que a empresa elimine o odor e verifique se há entupimentos.
  •         Extintores de incêndio (anual): Para a recarga dos extintores, contratar uma empresa especializada. A cada 5 anos fazer o teste hidrostático. Dica: é recomendável o treinamento do zelador e de outros funcionários do condomínio no uso dos extintores.
  •         Elevadores: O elevador precisa ser fiscalizado e conservado por uma empresa especializada que emitirá o RIA (Relatório de Inspeção Anual) e recolher uma ART. A empresa de manutenção deve ter um engenheiro responsável. Solicite no CREA o número deste engenheiro, consulte seu trabalho e faça constar seu contrato. Treine o zelador para fazer pequenas manutenções.
  •         Piscina: A manutenção deve ser feita de acordo com o seu uso. Verificar a qualidade da água, vazamentos, elemento filtrante, condições do revestimento, registro e tubulação. Elabore um plano de rotina para verificar o tratamento da água.
  •         Portões automáticos: Uma vez instalado no condomínio, deve ser feita uma verificação constante para garantir o bom funcionamento do mesmo.
  •         Geradores: O condomínio que tem gerador precisa contar com uma empresa especializada em sua manutenção para que possa garantir que esteja em perfeitas condições em caso de falta de energia. É fundamental que o zelador conheça seu funcionamento e saiba como acioná-lo e abastecê-lo.
  •         Interfones e telefones: Na maioria das vezes quem faz a manutenção desses aparelhos é a empresa que os instalou. Por isso, procure sempre fazer um contrato que envolva a manutenção de todo o sistema do condomínio.

 

Embora possam envolver custos consideráveis fazer essas manutenções com frequência, elas saem bem mais baratas do que uma manutenção corretiva quando um problema sério ou desastre acontece. Além do mais, é de extrema importância que o síndico cumpra essas manutenções no prazo, pois o descumprimento de algumas pode acarretar medidas judiciais ao síndico e/ou para o condomínio.

 

Pensando na segurança do condomínio e na praticidade do síndico, o CONDOMOB criou uma ferramenta que é de grande ajuda na hora de fazer manutenções preventivas e de cumpri-las com regularidade: Manutenções Programadas. Esse módulo permite que o síndico ou administrador agende essas manutenções e receba lembretes antecipados com avisos e notificações.

 

Veja o vídeo abaixo:

Gostaria de saber mais sobre essa função do CONDOMOB? Entre em contato conosco e peça uma demonstração!

© Copyrights Condomob. Todos os direitos reservados.

Entrar em contato